Início » Motos » Kawasaki Revela Protótipo Movido a Hidrogênio para 2024 baseado na Ninja H2SX

Kawasaki Revela Protótipo Movido a Hidrogênio para 2024 baseado na Ninja H2SX

Na recente exposição de motos em Milão, a Kawasaki surpreendeu ao introduzir a ideia de usar hidrogênio como fonte de energia para suas motocicletas. Utilizando a renomada H2SX como base, a fabricante japonesa revelou o protótipo conceitual dessa visão inovadora. Agora, a visão está mais próxima da realidade com a apresentação do protótipo físico da H2SX a hidrogênio durante a reunião de progresso da visão corporativa para 2030. Este avanço não é apenas teórico, pois a Kawasaki planeja realizar testes de pilotagem no início de 2024!

Kawasaki Revela Protótipo Movido a Hidrogênio para 2024 baseado na Ninja H2SX
Kawasaki Movido a Hidrogênio

Comparado ao conceito revelado anteriormente na exposição de carros de Milão, o design do protótipo desta vez apresenta uma estética mais futurista e imponente.

A Visão Estratégica da Kawasaki

Na conferência de progresso da visão corporativa para 2030, a Kawasaki anunciou sua operação abrangente na nova fábrica no México para aumentar a capacidade de produção. Além disso, a empresa acelerará o desenvolvimento de motores elétricos e a hidrogênio em resposta à crescente tendência de redução de emissões de carbono. Segundo o presidente da Kawasaki, Hiroshi Ito, a motocicleta a hidrogênio, construída com base na Ninja H2SX, começará os testes de pilotagem no início de 2024, enfocando-se na pesquisa futura.

Kawasaki Revela Protótipo Movido a Hidrogênio para 2024 baseado na Ninja H2SX

O farol em formato de “H” parece representar o símbolo do elemento hidrogênio, o “H”.

O Design Futurista da H2SX a Hidrogênio

Comparado ao conceito apresentado anteriormente em Milão, o protótipo físico da motocicleta a hidrogênio revela um aumento significativo no tamanho do tanque de hidrogênio na parte traseira. À primeira vista, pode ser difícil identificar que se trata de uma versão modificada da Ninja H2SX. O design global é mais ousado, com uma estética futurista destacada pelo tanque de hidrogênio proeminente na parte traseira, conferindo à motocicleta uma aparência digna de uma nave terrestre. Além disso, os faróis dianteiros foram projetados em forma de “H”, possivelmente sugerindo o elemento hidrogênio.

Esboço do Conceito do Motor Turbo a Hidrogênio de Seis Cilindros em Linha da KAWASAKI.

Além de adotar o hidrogênio como fonte de energia para motocicletas, a Kawasaki está ingressando ativamente no setor de motores de aviação. Planeja desenvolver um motor turbo de seis cilindros a gasolina e um motor turbo de seis cilindros a hidrogênio com base no motor da Ninja H2R. Há também planos de colaboração com a startup de aviação elétrica/híbrida VOLTAERO. De acordo com relatos, o novo motor desenvolvido tem peso semelhante aos motores turbo convencionais, mas com uma redução de consumo de combustível de aproximadamente 30 a 50%!

A SUZUKI Burgman 400 a Hidrogênio é equipada com um tanque de hidrogênio de 70MPa e um motor a hidrogênio.

O Crescimento dos Veículos a Hidrogênio

A ideia de desenvolver veículos movidos a hidrogênio tem sido explorada por várias montadoras visando à sustentabilidade. No início de 2022, Kawasaki, Yamaha, Suzuki, Subaru, Toyota, Mazda e outras fabricantes anunciaram uma aliança para colaborar no desenvolvimento de motores a hidrogênio. Com o tempo, seja a Suzuki com a Burgman 400 a hidrogênio, revelada em outubro na exposição de transporte do Japão, ou a Yamaha com o veículo off-road a hidrogênio YXZ1000R, a materialização dos veículos a hidrogênio está se tornando uma realidade. É possível que, em um futuro próximo, as motocicletas a hidrogênio se tornem uma escolha tão viável quanto os veículos elétricos, representando uma nova alternativa aos veículos a combustão tradicionais.

O tanque de hidrogênio na parte traseira é de grande porte, destacando-se como um dispositivo de injeção impressionante.

Na Exposição de Mobilidade do Japão em 2023, a KAWASAKI exibiu um motor de energia a hidrogênio desenvolvido com base no motor de sobrealimentação mecânica da Ninja H2SX.

Henrique Alves

Sou um blogueiro entusiasta, compartilhando conteúdo digital há mais de uma década e acumulando amplo conhecimento na área de informática. Minha paixão por automóveis e tecnologia, reflete-se nas análises e insights que compartilho, oferecendo aos leitores uma visão aprofundada e atualizada sobre as últimas tendências e novidades no mundo da tecnologia e dos automóveis.

Post navigation

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *